Segundo Franklin Venancio, entidade se desdobra para arcar com os atuais custos de aluguel, que poderiam ser revertidos para o atendimento da pessoa com deficiência

 

A Câmara Municipal de Jandira colocou em votação o requerimento 258/21, de autoria do presidente Franklin Venancio da Silva Netto (PTB), durante a 14ª Sessão Ordinária em 25 de maio de 2021. Aprovado pelos demais parlamentares, o documento sugeriu à Prefeitura a concessão de um terreno para a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Jandira.

No texto, o vereador esclareceu que a APAE é uma entidade sem fins lucrativos que oferece atendimento clínico visando o desenvolvimento físico, mental e intelectual das pessoas com deficiência. “Em nossa cidade, esta importante associação vem se desdobrando para conseguir arcar com os custos de aluguel, que poderiam ser investidos diretamente na atenção da pessoa com deficiência”, defendeu.

Na mesma data, Franklin Venancio também apresentou o requerimento 259/21. Nele, o presidente solicitou à Prefeitura a declaração de utilidade pública e a certificação da Associação de Engenheiros e Técnicos de Jandira (AAETJan). Ambos os documentos seguiram para as mãos do prefeito Henri Hajime Sato (PSDB), o “Dr. Sato”.