Em Jandira, vereador recomenda a adoção do sistema VLibras no site da Prefeitura Municipal

Legenda: Pastor Gilson (PP)
17 de abril de 2024

Para Pastor Gilson, o recurso mencionado contribui para a inclusão digital e social das pessoas surdas, garantindo seu pleno acesso aos serviços e informações disponibilizados na Internet; em outro documento, o parlamentar também indicou a realização de campanhas de prevenção à violência contra a mulher nos espaços publicitários do transporte coletivo municipal

A Câmara Municipal de Jandira aprovou dois requerimentos subscritos pelo vereador Gilson Rodrigues de Souza (PP), o “Pastor Gilson”, durante a 11ª Sessão Ordinária, ocorrida no dia 16 de abril de 2024. No primeiro deles, de número 164/24, o parlamentar sugeriu ao Poder Executivo a implementação do sistema de tradução automática VLibras no site da Prefeitura Municipal, como forma de torná-lo mais acessível.

Em sua justificativa, Pastor Gilson explicou que a suíte VLibras é um conjunto de ferramentas gratuitas e de código aberto, que traduz conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) em português para Libras (Língua Brasileira de Sinais). “A utilização do VLibras contribui para a inclusão digital e social das pessoas surdas, garantindo seu pleno acesso aos serviços e informações disponibilizados na Internet”, complementou.

Já o requerimento nº 165/24 indicou a utilização dos espaços publicitários do transporte coletivo da cidade para promover campanhas educativas voltadas à prevenção da violência contra a mulher, conforme estabelecido pela Lei Municipal nº 1.657, de 05 de novembro de 2007. Neste caso, o autor enfatizou a importância da medida para garantir a segurança e o bem-estar das mulheres jandirenses.

Na mesma sessão, Pastor Gilson também assistiu à aprovação de seu Projeto de Lei nº 14/24, pelo qual propôs a instituição e inclusão do “Dia do Insanos Moto Clube – Divisão Jandira” no calendário oficial de eventos do município, a ser comemorado anualmente em 18 de junho – data da fundação da instituição. O vereador lembrou que, além de promover a camaradagem e o espírito comunitário entre seus membros, o clube tem a missão de desenvolver ações sociais em prol das pessoas em situação de vulnerabilidade.

Depois da aprovação na Casa de Leis, os três textos seguiram para as mãos do prefeito Henri Hajime Sato, o “Dr. Sato”.

Compartilhe