Proposta pelo presidente Franklin Venancio, iniciativa visa preservar a memória das vítimas e saudar os profissionais de saúde envolvidos no enfrentamento da pandemia

 

A pandemia da Covid-19 continua abalando famílias no Brasil e no mundo. Desde março de 2020, o País já registrou mais de 550 mil mortes. Pensando nas vidas perdidas nessa tragédia humanitária, a Câmara Municipal de Jandira aprovou na 20ª Sessão Ordinária, realizada em 03 de agosto de 2021, o Projeto de Lei nº 54/21, que autoriza a criação de um memorial em homenagem às vítimas da COVID-19 na cidade. A propositura foi elaborada pelo presidente da Casa de Leis, o vereador Franklin Venancio da Silva Netto (PTB).

Dentre os diversos objetivos, o texto pretende prestar uma homenagem e preservar a memória das vítimas, registrar historicamente os óbitos e laurear os profissionais de saúde envolvidos no enfrentamento da pandemia. Além disso, busca garantir aos familiares e amigos um local de luto e homenagem. A criação de um memorial virtual, no site do Poder Executivo, também está prevista na matéria.

Durante a sessão, o presidente discursou: “Esse monumento busca eternizar um capítulo doloroso da História dessa geração. Vidas, projetos, planos e sonhos foram desfeitos para sempre. Nada será capaz de compensar essa tragédia que se abateu sobre a humanidade. Aos que ficam, cabe a continuação da vida, o reconhecimento e a homenagem às trajetórias interrompidas”.

Após aprovação unânime do Plenário, a proposição seguiu para sanção ou veto do prefeito Henri Hajime Sato (PSDB), o “Dr. Sato”.